segunda-feira, Fevereiro 26, 2018

Impacto da comunicação virtual no cenário eleitoral é tema de seminário no TSE

Evento de hoje foi deu continuidade ao Fórum Internet e Eleições, iniciado na semana passada. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sediou, na tarde desta terça-feira (12), o Seminário Internet e Eleições, uma continuidade do Fórum de mesmo nome iniciado na semana passada. O evento desta semana é uma parceria entre a Escola Judiciária Eleitoral do TSE, a Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e o grupo de estudos MackEleições . A abertura do seminário foi feita pelo diretor da EJE/TSE, Fábio Quintas, e pelo coordenador do grupo MackEleições, Diogo Rais, representando a Faculdade de Direito Mackenzie. Ao discursar, o diretor da EJE destacou que o seminário busca debater as inúmeras questões que emergem quando se pensa nas eleições, especialmente na era digital, e salientou que a Escola do TSE é um espaço acadêmico, plural, democrático e aberto. O primeiro painel, conduzido por Diogo Rais, tratou da temática “A internet e a sociedade: processo de comunicação em massa..

Ministro Gilmar Mendes fala sobre as eleições brasileiras de 2018 no Congresso dos EUA

O presidente da Corte Superior Eleitoral brasileira cumpre uma série de agendas na capital americana até esta quarta-feira (13) Em viagem oficial a Washington, DC (EUA), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, proferiu palestra no Congresso americano sobre as Eleições Gerais de 2018 no Brasil, nesta terça-feira (12). O convite partiu da organização Brazil Caucus, presidida pelos deputados americanos Patrick Meehan e George Meeks. Durante a palestra, o presidente do TSE declarou que, por mais consolidada que esteja, a democracia é sempre testada e deve a todo tempo mostrar sua resiliência diante de desafios antigos e novos. “O Brasil, com todas suas qualidades institucionais e também suas adversidades, terá muito a ganhar com esse movimento de abertura e de reforço da transparência. Estamos seguros, também, de que as boas práticas do nosso país, como a urna eletrônica, serão novamente reconhecidos pela comunidade internacional como exemplares”, afirmo..

Investigadores promovem alterações importantes no sistema de segurança da urna

Teste Público de Segurança montou o cenário ideal para os avanços conquistados. Foram quatro dias de testes envolvendo 16 especialistas renomados de todo o país e 10 planos de ataque executados - formas diferentes de identificar vulnerabilidades no sistema e procedimentos de segurança, tanto na captação como na apuração de votos. Na quarta edição do Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação (TPS 2017), mais uma vez o código-fonte da urna eletrônica foi disponibilizado em um ambiente preparado para estimular a descoberta de eventuais fragilidades e, dessa forma, contribuir para a democracia brasileira. Diante desse cenário, o resultado não poderia ser diferente: o quarto TPS realizado pela Justiça Eleitoral foi o que trouxe mais contribuições. Três grupos registraram pontos relevantes a respeito da segurança da urna eletrônica. O mestre em engenharia de software, CSSLP, CCSP, CIPP/US e CIPT, Cassio Goldschmidt, queria encontrar erros e vulnerabilidades que possibilita..

Confira a pauta de julgamentos e assista à sessão plenária desta terça-feira (12)

Constam da pauta recursos como agravos regimentais e embargos de declaração Constam da pauta da sessão plenária jurisdicional do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta terça-feira (12), a partir das 19h, recursos como agravos regimentais e embargos de declaração. Assista ao vivo à sessão pelo Portal do TSE ou pelo canal oficial da Corte Eleitoral no YouTube. Os julgamentos também são transmitidos ao vivo pela TV Justiça. Acompanhe também as decisões do TSE no Twitter. A pesquisa aos processos julgados em sessão pelo Plenário pode ser feita no Canal do TSE no YouTube. Logo após a transmissão ao vivo, o interessado pode acessar no vídeo, em separado, cada processo julgado, por meio de marcadores de início e fim. A consulta deve ser feita pelo número do processo, que estará disponível na lista dos arquivos. A pauta está sujeita a alterações. Confira aqui a pauta de julgamentos. Veja mais

TPS 2017: resultado final será divulgado hoje (12) durante coletiva de imprensa

Jornalistas não precisam de credenciamento prévio Às 16h desta terça-feira (12), o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, vai conceder uma entrevista coletiva para apresentar o resultado final do Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação. O TPS 2017 foi realizado nos dias 28, 29 e 30 de novembro com a participação de investigadores de diversas partes do país, que vieram testar os sistemas da urna e contribuir com o aprimoramento dos mecanismos de segurança. De acordo com o secretário, esta quarta edição do TPS foi a que alcançou maiores avanços no sentido das sugestões de melhorias apresentadas pelos participantes. A coletiva será no gabinete do secretário de TI, no Anexo II do TSE, Sala AV05. Não será necessário credenciamento prévio dos jornalistas. Veja mais

Fórum Internet e Eleições continua nesta semana para debater os desafios digitais nas Eleições...

Fórum Internet e Eleições continua nesta semana para debater os desafios digitais nas Eleições de 2018 Continua nesta terça e quarta-feira (12 e 13/12), a partir das 13h, o Fórum Internet e Eleições. O evento tem discutido desde a semana passada as novas regras eleitorais e a influência da Internet nas Eleições de 2018, em especial o risco das fake news e o uso de robôs na disseminação das informações. A realização do fórum é uma parceria entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Comitê Gestor da Internet. No primeiro dia acontecerá o Seminário 2 – Internet e Eleições: um desafio multidisciplinar. Já a quarta está reservada para um workshop com reuniões reservadas. Confira aqui a programação completa. Veja mais

Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições se reúne no TSE (atualizada)

O grupo foi instituído por meio de portaria assinada pelo presidente do Tribunal ministro Gilmar Mendes. Os integrantes do Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições estiveram reunidos pela primeira vez nesta segunda-feira (11). A reunião ocorreu às 16 horas na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, e durou cerca de duas horas. Entre os principais pontos abordados discutiu-se a necessidade de criação de cartilhas e campanhas de conscientização para a população, elaboração de manuais de procedimentos para os juízes eleitorais, criação de um ambiente virtual (site ou aplicativo) para recebimento de sugestões de atuação e denúncias sobre fake news, e análise das propostas de resolução do TSE a fim de apresentar colaborações. Instituı́do pela Portaria nº 949, de 07 de dezembro deste ano, o Conselho tem as seguintes atribuições: desenvolver pesquisas e estudos sobre as regras eleitorais e a influência da Internet nas eleições, em especial o risco das fake news e o uso ..

Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições se reúne no TSE

O grupo foi instituído por meio de portaria assinada pelo presidente do Tribunal ministro Gilmar Mendes. Os integrantes do Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições estiveram reunidos pela primeira vez nesta segunda-feira (11). A reunião ocorreu às 16 horas na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Instituı́do pela Portaria nº 949, de 07 de dezembro deste ano, o Conselho tem as seguintes atribuições: desenvolver pesquisas e estudos sobre as regras eleitorais e a influência da Internet nas eleições, em especial o risco das fake news e o uso de robôs na disseminação das informações; opinar sobre as matérias que lhe sejam submetidas pela Presidência do TSE; e propor ações e metas voltadas ao aperfeiçoamento das normas. O grupo é formado por dez integrantes, entre representantes da Justiça Eleitoral, governo federal, Exército Brasileiro e da sociedade civil. A coordenadoria dos trabalhos caberá ao secretário-geral da Presidência do TSE, Luciano Felício Fuck, e ao ass..

TSE celebra acordo com a OEA para receber missão de observação eleitoral em 2018

Em viagem oficial à capital americana, o ministro Gilmar Mendes cumpre agenda de compromissos com autoridades e políticos Ao iniciar viagem oficial a Washington (EUA), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, esteve na manhã desta segunda-feira (11) na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA). O motivo da visita foi a assinatura de um Acordo de Realização de Missão de Observação Eleitoral, para que delegados da OEA acompanhem in loco as eleições gerais brasileiras no ano que vem. O ministro Gilmar Mendes cumpre agenda na capital americana até quarta-feira (13). Pelos termos do acordo, a OEA atende a uma solicitação do governo brasileiro que foi formulada em 19 de setembro para que uma delegação seja destacada para visitar o Brasil por ocasião do pleito de 2018. O TSE, por sua vez, compromete-se a garantir todos os meios logísticos e de acesso a locais e informações para que a missão de observação se cumpra, como planejado, nos dois turnos das ..

Ministro Jorge Mussi nega Habeas Corpus à Rosinha e Garotinho

Ainda nesta sexta (7), o ministro também considerou prejudicados outros três recursos. O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jorge Mussi, negou nesta quinta-feira (7) os habeas corpus, com pedido de liminar, impetrados em favor de Rosângela Rosinha Garotinho Barros Assed Matheus de Oliveira e Anthony William Garotinho Matheus de Oliveira. Com a decisão monocrática, a ex-prefeita de Campos dos Goytacazes Rosinha Garotinho deverá permanecer com o monitoramento eletrônico, e o ex-governador Anthony Garotinho com a prisão preventiva, medidas decretadas anteriormente pela Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro. Ainda nesta sexta, o ministro também considerou prejudicados os HC ajuizados na Corte Superior Eleitoral em favor do presidente do Diretório Nacional do Partido da República (PR), Antônio Carlos Rodrigues, do seu genro Fabiano Rosas Alonso e de Thiago Soares de Godoy. Os três tiveram as prisões preventivas decretadas pelo Juízo da 98ª Zona Eleitoral do Rio de Janeiro, ao re..
PUBLICIDADES

+ GOSPEL